09 de Setembro de 2017

Valença-RJ outorga título de Doutor Honoris Causa

Homenagens marcam os 70 anos de trajetória do pacifista Daisaku Ikeda

Auditório completamente lotado por associados de São Paulo de Rio de Janeiro para prestigiar a cerimônia

Entrega das homenagens

Medalha Dom André Arco Verde

Diploma de Doutor Honoris Causa

Quando um homem decide se interpor entre a barbárie e a paz são inúmeros os obstáculos que surgem em seu caminho para impedi-lo de prosseguir. Porém, a determinação e o empenho são suas armas de combate e o reconhecimento é inevitável. A noite do dia 24 de agosto é um desses momentos em que o mundo se inspirou em nos feitos de um desses homens e concedeu-lhe láureas inéditas. Estamos falando de Daisaku Ikeda, um cidadão planetário que há 70 anos vem dedicando a sua vida em prol de uma sociedade global livre da intolerância e da discriminação. O Centro de Ensino Superior de Valença-RJ – CESVA – outorgou o seu primeiro título de Doutor Honoris Causa a ele e a Fundação Educacional Dom André Arcoverde que a mantém, concedeu-lhe a Medalha que leva o nome da entidade, como reconhecimento às suas ações humanitárias em prol da paz entre os povos. “É a segunda vez na história de nossa instituição que esta Medalha foi entregue. A primeira foi ao fundador, Dom André Arcoverde. O dr. Daisaku Ikeda é a segunda pessoa a recebê-la!”, exclamou o diretor acadêmico da CESVA, prof.dr. José Rogério M.A. Neto.


A Fundação Educacional Dom André Arcoverde – FAA foi criada em 1966 e o nome da instituição é uma homenagem a um grande educador de Valença, o bispo diocesano de 1925 a 1936. Logo em 1967, iniciaram as atividades da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Valença – FAFIVA, com os cursos de Licenciatura em Letras, Pedagogia, História e Matemática, firmando-se pelo pioneirismo e qualidade de seu ensino. Desde o seu início, sua primeira preocupação sempre foi a de formar professores qualificados no segmento de maior relevância social, para só então oferecer outras especializações. Dessa forma, gerações de professores, da rede pública e privada da região, foram formados pela FAFIVA. Hoje, o CESVA/FAA possui alunos de dezesseis estados da federação e de 213 cidades do país. A qualidade superior de seu ensino advém de seu compromisso de oferecer o melhor e sem finalidade de lucro.


“Honrados e felizes em prestar ao dr. Daisaku Ikeda essa homenagem e reconhecimento do Centro de Ensino Superior de Valença por sua vida dedicada à Educação, por sua luta pela paz mundial, estamos presentes nessa cerimônia para outorgarmos duas das maiores láureas acadêmicas do CESVA – Título de Doutor Honoris Causa e Medalha Dom André Arcoverde em votação unânime de nossa diretoria”, iniciou assim suas palavras o magnífico reitor, prof. dr. Antônio Celso Alves Pereira.


Ele relembrou sua experiência pessoal com o laureado, quando de sua viagem ao Japão em 1998. À época, era diretor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e foi nessa qualidade que representou a instituição em que atuava na entrega do título de Doutor Honoris Causa outorgado por aquela instituição. “Fiquei encantado e emocionado com as instalações de ensino e pesquisa, o respeito ao meio ambiente e a atenção de que fomos alvo por parte de alunos, docentes e dirigentes da Soka Gakkai. Esse fato constituiu-se um dos momentos mais importante de minha vida!”, exclamou.


Em seu discurso de agradecimento redigido pelo homenageado e proferido pelo presidente da Soka Gakkai, Minoru Harada, o dr. Ikeda iniciou suas palavras com um sentimento de profunda afeição pelo continente sul americano: “Neste momento, meu coração atravessa o vasto pacífico, transcende a imponente Cordilheira do Andes e chega a essa honrosa solenidade conduzida pelo Centro de Ensino Superior de Valença, capital do saber e orgulho do Estado do Rio de Janeiro”. Reiterou ainda que o dia 24 de agosto marca a data de seu derradeiro ponto primordial. Foi quando decidiu dedicar sua vida ao caminho de mestre-discípulo junto com seu mentor, o professor Josei Toda.


Relembrou que Josei Toda foi um ícone da luta contra a tirania. Foi quem apresentou aos jovens, o ideal do ser planetário e, perto de sua morte em 1957, proferiu a célebre Declaração pela Proibição das Armas Nucleares. Um brado que em julho deste ano fez-se ecoar em resultado inédito e histórico quando da adoção pela ONU do Tratado de Proibição das Armas Nucleares em 7 de julho último.


Ao final, citou uma frase da grande poeta brasileira Cecília Meirelles: “A paz humana, assim como a felicidade de cada um, não é uma vantagem repentina que se conquista e se mantém para sempre. É um valoroso dever conquistado com persistência. É a junção da paz do mundo com a paz de cada um. Não adianta destruir uma fábrica de munições deixando na Terra um coração inquieto e feroz. As armas não nascem por si, representam materialmente os anseios e os sonhos dos homens”.


Logo após a leitura da mensagem de agradecimento foi entregue ao reitor uma foto de autoria do laureado, que representa a amizade e o sentimento de profunda gratidão pelas homenagens.

Voltar para o topo

Outras notícias

Setembro de 2017

Agosto de 2017

Julho de 2017

Junho de 2017

Maio de 2017

Abril de 2017

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI