10 de Outubro de 2017

Vida de Nichiren Daishonin em quadrinhos

O mangá Nichiren foi lançado pela editora Brasil Seikyo no último dia 23 de setembro com grande evento

Público jovem foi a grande presença no evento de lançamento

Cristina: mangá hoje é um fenômeno mundial

Diogo Miyahara e os cosplay da BSGI

Capa do mangá

A cultura do Mangá já é um fato consolidado em todo o mundo. Há poucas décadas era algo associado apenas ao entretenimento infanto-juvenil, porém, atualmente é um fenômeno que conquistou fãs em todas as faixas etárias e é considerado um gênero literário de grande importância nos meios editoriais e intelectuais. No último dia 23 de setembro a editora Brasil Seikyo promoveu um grande evento para celebrar o lançamento do livro em mangá Nichiren, que retrata a vida do buda Nichiren Daishonin.


Especialmente convidada para o evento, a advogada Cristiane Sato, da Associação Brasileira de Mangá e Ilustrações (Abrademi), fez uma breve palestra sobre o percurso do mangá no Japão e no Brasil e de sua militância no setor. O mangá é o nome dado às histórias em quadrinhos de origem japonesa. A palavra surgiu da junção de dois vocábulos: “man” (involuntário) e “gá” (desenho, imagem). Ou seja, mangá significa literalmente “desenhos involuntários”.


Segundo ela, os primeiros mangás surgiram no século XI, a partir de caricaturas cômicas. O termo mangá só surgiu cerca de 600 anos após. O responsável pela popularização do termo com o pintorKatsuhika Hokusai quando lançou seu primeiro volume encadernado contendo uma coleção de histórias com desenhos sequências. A série, que teve 15 volumes, foi batizada de Hokusai Mangá. A partir daí os quadrinhos japoneses passaram a ser chamados de mangás, mas tal denominação só se consolidou no Japão pós-Segunda Guerra, já nos anos 1950, com as obras de Osamu Tezuka. Este último esteve em visita ao Brasil e teve um papel de grande relevância na disseminação dessa arte no país.


O evento teve a participação ainda do cantor, produtor cultural e associado da BSGI, Diogo Miyahara. Diogo é a voz que dá vida à versão em português da canção-tema do anime Cavaleiros do Zodíaco. Além dessa, interpretou também as canções-tema das séries Japion e Dragon Ball Z, para delírio da plateia, boa parte composta por crianças e jovens aficcionados por animes e mangás. O mangaka, ou desenhista de mangás, Rafael Yamane, também abrilhantou o evento, retratando os momentos marcantes com suas magistrais ilustrações.


O Departamento de Artistas da BSGI preparou especialmente para o evento uma leitura dramática de algumas cenas da obra lançada que encantou e emocionou a todos os presentes. Participaram das cenas os atores: Stella Tobar (direção de cena), André Sakajiri, Cleber Tolini, Lucélia Machiavelli, Paulo de Pontes, Ronaldo Robles e as crianças: Bruno Shiraishi e Gabriela Maedo.


O lançamento dessa obra envolveu uma equipe de oito pessoas e levou cerca de dois meses, mas sua produção já estava agendada desde o início do ano. Tanto o redator do texto, Masahiro Murakami, como o ilustrador, Ken Tanaka – ambos renomados profissionais de mangá no Japão – empenharam-se com grande dedicação para realizar uma obra que honrasse o legado do personagem principal, cuja relevância na história é de conhecimento geral na sociedade japonesa.


Segundo o prefácio, “Nichiren, personagem principal desta história, foi um monge budista que viveu no Japão no século 13. Embora tenha sido baseada em fatos históricos, a narrativa foi concebida e escrita por Masahiro Murakami como obra de ficção, reunindo personagens e eventos fictícios com os fatos que de fato ocorreram. Ao interpretar o roteiro, o ilustrador Ken Tanaka adicionou seu toque pessoal para dar vida aos personagens. Ao mesmo tempo que se esforçaram para permanecer fiéis à essência, escritor e ilustrador tomaram a liberdade de usar e abusar da imaginação e da inspiração para criar e desenvolver os personagens e o enredo”.


 


Serviço:


Livro mangá Nichiren


271 páginas


ISBN 978-85-8252-034-5


Preço promocional de lançamento: R$24,00


www.livrariapearl.com.br

Voltar para o topo

Outras notícias

Novembro de 2017

Outubro de 2017

Setembro de 2017

Agosto de 2017

Julho de 2017

Junho de 2017

Mais notícias

Notícias + lidas

Sede Central da BSGI
Rua Tamandaré, 1007
Liberdade - São Paulo - SP
Brasil
CEP: 01525-001
Telefone
+55 11 3274-1800

Informações
informacoes@bsgi.org.br

Relações Públicas
rp@bsgi.org.br
Informações Gerais
Contatos
Newsletter

Redes Sociais
Facebook
YouTube
Instagram
Twitter
Sites Relacionados
Soka Gakkai Internacional
Daisaku Ikeda
Josei Toda
Tsunesaburo Makiguchi
Cultura de Paz
Editora Brasil Seikyo
CEPEAM
SGI Quarterly
Escola Soka do Brasil
Extranet BSGI